Autor: Liszt Vieira

Liszt Vieira é integrante da Coordenação Política e Conselho Editorial do Fórum 21 e do Conselho Consultivo da Associação Alternativa Terrazul. Foi Coordenador do Fórum Global da Conferência Rio 92, secretário de Meio Ambiente do Estado do Rio de Janeiro (2002) e presidente do Jardim Botânico fluminense (2003 a 2013). É sociólogo e professor aposentado pela PUC-RIO.

Esquecer o Passado?

Ganhos a curto prazo poderão ser dissolvidos a longo prazo com a recomposição das forças de extrema-direita que, aliás, avança na Europa, nos EUA e em outros lugares. Se quem ignora o passado está condenado a repeti-lo, quem ignora o presente pode contribuir para derrotas futuras.

Leia mais

A metáfora de Lula, a mídia e o massacre de palestinos

Não há solução militar para o conflito de Israel com a Palestina. Mas o atual governo de Israel precisa de guerra para sobreviver.

Leia mais

Fórum Social Mundial: Morte e Ressurreição?

O FSM tem pela frente um espaço a ocupar, batalhas a serem travadas, combates que requerem lideranças dinâmicas, com agendas atualizadas, e não mais apenas um fórum que recusa a ação política em nome do debate

Leia mais

Lula 3: A Conciliação Como Estratégia

Nesse caso, um bom governo Lula seria apenas uma vitória de Pirro, abrindo caminho para uma democracia sem liberdades políticas e tendo como única referência o mercado?

Leia mais

COP 28: Fracasso ou sucesso?

Como era esperado, o documento final da COP 28 não mencionou explicitamente o fim dos combustíveis fósseis, apesar do forte apelo do Secretário Geral da ONU, Antônio Guterres, mostrando a urgência em acabar com os combustíveis fósseis que ameaçam a vida na Terra.

Leia mais

COP28: Colapso à vista?

Na COP 28, pela 1ª vez, o cartel dos países produtores de petróleo terá pavilhão dentro da Conferência. E o Pavilhão Brasil terá painéis de empresas mineradoras e petroquímicas.

Leia mais

Recado da Argentina: Como Ganhar Uma Eleição

O candidato “antissistema” recebeu 55,7% dos votos, ganhou em 21 das 24 províncias. É o presidente melhor eleito desde o retorno da democracia em 1983. A inflação acumulada de janeiro a outubro na Argentina foi de 120%. Em 12 meses, atingiu 142,7%…

Leia mais

Genocídio indígena em Roraima e seus mandantes

A Terra Yanomami vem sofrendo há décadas a ação de garimpeiros ilegais. Em 2022, a devastação chegou a 54% – cenário que tem mudado com as ações deflagradas pelo atual Governo desde janeiro deste ano.

Leia mais

Milícias e Violência no Rio de Janeiro

Se o Governo Federal enviar a Força Nacional ou o Exército para intervenção no Rio, será no mínimo “um passo em falso”, como adverte Luiz Eduardo Soares, especialista em segurança pública.

Leia mais

Aniversário da ONU: Nada a Comemorar?

Do ponto de vista de garantia da paz, o resultado é desastroso, apesar dos esforços. As guerras continuam e a ONU, paralisada pelo direito de veto dos membros permanentes do Conselho de Segurança, tem sido incapaz de impedir ou negociar o fim das guerras, muitas vezes não consegue nem mesmo tréguas.

Leia mais