Imagem 1

Autor: Francisco Calmon

Ex-coordenador nacional da Rede Brasil – Memória, Verdade e Justiça; membro da Coordenação do Fórum Direito à Memória, Verdade e Justiça do Espírito Santo. Membro da Frente Brasil Popular do ES

IMPUNIDADE DOS CRIMES DA DITADURA DE ’64 COMEÇA A SER QUEBRADA

Ex-delegado do DOPS no ES, criminoso confesso, Cláudio Guerra, é condenado por ocultação de cadáver na ditadura militar.

Leia mais

Ex-preso político recorda a cronologia repressiva da ditadura militar de ’64

O Brasil ficou submisso aos Estados Unidos e o derramamento de sangue ocorreu com os assassinatos, torturas, sequestros, estupros, cabeças cortadas, extermínios, incinerações e sumiços de corpos.

Leia mais

21 de abril, o retrovisor da história

Bolsonaro é responsável por ter aberto a caixa de ferramentas do fascismo no Brasil, que se julgava lacrada no pacto constitucional de 88

Leia mais